Os benefícios da música para crianças

Sons e ritmos têm, comprovadamente, o efeito de aumentar a concentração e a capacidade de planejamento das ações da criança. Conheça os benefícios da música para crianças:

Todos somos seres musicais, capazes de identificar e codificar uma série de sons, timbres, contornos melódicos, harmonias e ritmos. Ouvir música é uma atividade que requer o bom funcionamento dos sistemas auditivo e nervoso, o que faz dessa experiência algo não só mecânico, mas também sensorial: a música nos emociona, acalma, estimula e ajuda a sincronizar o trabalho e as atividades de lazer.

Apesar da intensa relação existente entre os seres humanos e a música, somente a partir dos anos 1980, a Neurociência, ramo da medicina que estuda o comportamento, o processo de aprendizagem, a cognição e os mecanismos de regulação orgânica, passou a observar os vários tipos de reações causados por estímulos musicais.

Há 60 anos, porém, a música já era utilizada com fins terapêuticos, e hoje é vista com entusiasmo, em razão dos resultados obtidos no tratamento de diversas doenças neurológicas (acidente vascular cerebral, doença de Alzheimer e outros tipos de demência, retardamento mental, perda da linguagem ou funções motoras, amnésia, autismo, doença de Parkinson, entre outras). Para muitos, a música é a única chave capaz de abrir portas para respostas positivas, após uma lesão cerebral.

Luisa Lopez, neuropsiquiatra infantil do Centro de Reabilitação Eugênio Litta de Roma e consultora científica da Fundação Mariani, entidade que financia e promove pesquisas sobre Neurociência e música na Itália, diz que a música realmente pode favorecer o desenvolvimento cerebral, mas adverte que os pais devem aprender a ser críticos diante da ansiedade de fazer das crianças gênios mirins. Luisa concedeu essa entrevista exclusiva à VivaSaúde de Roma, na Itália, onde reside.

Quais são os principais benefícios para a saúde das crianças?
A música pode trazer benefícios em vários níveis. Por exemplo, treinando o ouvido, é possível desenvolver a capacidade de perceber corretamente os sons e timbres desde muito cedo na infância. Além disso, podem-se melhorar algumas capacidades do tipológico, viso-espacial e linguístico.

Que tipo de música é indicado para os pequenos?
Cada pessoa tem suas preferências e, portanto, possui uma identidade musical. Por isso, é difícil indicar qual tipo de música pode agradar ou não a uma criança. Lembro apenas que os pequenos aprendem e compreendem a música partindo da repetição das sequências musicais, sob conceitos muito precoces de consonância e dissonância, e não apreciam a intensidade elevada. Os pais devem definir um momento para ouvir música, evitando o uso abusivo de “fundos musicais” que coloca a música em segundo plano e atrapalha o processo de formação do gosto musical.

Existe algum instrumento musical mais adequado para a infância?
Sim. O instrumento ideal para o ensino da música é a voz.

Quais sons seriam ideais para as crianças?
Eu sugiro que as mães cantem para seus filhos as canções que fazem parte da cultura popular. Em todas as culturas existem canções de ninar com características rítmicas e tons que, para as crianças, são muito calmantes e agradáveis. Parece que elas acham muito mais interessante escutar a mãe (ou a voz de uma mulher que não seja sua mãe) cantando do que a sua fala. Então, não me agrada a idéia de uma “trilha sonora”, contínua e passiva. Sugiro uma música doce que a mãe cantarola para seu filho.

Fonte: Revista VivaSaúde

E se você ainda não conhece a Equilibrium, entre em contato e agende sua aula grátis ou nos faça uma visita!

Rua Cayowaá, 1969 – Perdizes/SP
Fone: 11 2338 7012
Whatsapp: 11 94960-1437

Compartilhar

Outros Posts

Pesquisa

Pesquisar
Categorias

Calendário

fevereiro 2024
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829